Estudo sobre a monitorização transcutânea da pCO2 na VMNI no Congresso Galego da SEMES 2016

Prémio para melhor apresentação oral para o estudo apresentado pelos médicos do Serviço de Urgência do Hospital Montecelo no XXIV Congresso

Dezembro 29, 2016

O Serviço de Urgência do Polo do Hospital Universitário de Pontevedra é pioneiro na Galiza na utilização de um monitor transcutâneo para deteção do dióxido de carbono no controlo de pacientes com problemas respiratórios submetidos a ventilação mecânica não invasiva (VMNI).

Os médicos do Serviço de Urgência do Hospital Montecelo apresentaram um trabalho sobre o uso desta técnica que recebeu o prémio para melhor apresentação oral no XXIV Congresso Galego da Sociedad Española de Medicina de Urgencias y Emergencias (SEMES), realizado no passado mês de novembro no Hospital Álvaro Cunqueiro, em Vigo.

O objetivo do estudo era determinar se os valores de pCO2 obtidos por capnografia transcutânea são válidos e podem vir a reduzir o número de gasometrias realizadas nas Urgências. Envolveu nove pacientes com insuficiência respiratória aguda, tratados com recurso a VMNI. Todos foram monitorizados com capnografia transcutânea, tendo sido colhidas amostras de gasometria arterial. Com base na correlação registada, o estudo concluiu que os valores transcutâneos de pCO2 eram válidos, embora fosse necessário alargar o estudo a um maior número de pacientes para poder estabelecer um uso protocolizado da monitorização transcutânea.

São usados cookies neste sítio

Uso dos cookies
Esqueci-me do código de acesso
Utilizador não encontrado
Enviar
Funcionário Radiometer? Introduza o nome de utilizador da rede para repor o código de acesso
Enviámos um e-mail para repor o seu código de acesso
Reponha o seu código de acesso
Código de acesso alterado
É necessário alterar o código de acesso.
Por favor, altere o seu código de acesso para continuar a utilizar o MyRadiometer.
Código de acesso alterado